Vesículos do dia : …antes que o sol se ponha.

 

 

images (19)

Technorati Marcas:

 

A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.Provérbios 15:1

“Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha,Efésios 4:26

 

 

O homem fora criado em Amor, e para que tivesse tão somente sentimentos provenientes deste e pelo bem, no entanto como foi influenciado pelo pecado, conhecendo o mal lhe nasceu diversos sentimentos provenientes deste, e todos prejudicial para a sua própria vida quanto aos que o rodeiam, um sentimento que não controlado no homem, de ímpeto lhe vem momentaneamente devido a uma circunstância presente, é a ira, fúria, e destes se não tratados logo em seguida ao ocorrido, dá vazão a uma outra série de sentimentos do mal, como raiva, vingança, desprezo, magoas… a razão de vir a acontecer tantas outras situações até de violências, por causa de um momento apenas. Estes sentimentos que deveria ser apenas momentâneo acaba a desencadear sentimentos mal permanentes, o que vem ainda mais diminuir o amor que tem o homem, e a falta deste é o motivo de todas as contendas, das dissoluções de lares, de pessoas sem um viver alegre, pois o amor é que deveria reger os sentimentos humanos, onde encontraria a felicidade em si mesmo independente de situações externas.  De suma importância sabermos lidar com tal sentimento que nasce de repente, pois a ira, a fúria não pode ficar sem ser tradada de imediato, e,  Deus conhecendo que o homem ficará com esta natureza devido a influencia do pecado, vem em Suas Escrituras Sagradas de diversas formas, nos ensinar a como trata-lo, este capítulo dos sábios Provérbios fala justamente de ‘formas’ de se evitar que venhamos a ter tal sentimento como uma constância em nossas vidas, e já inicia com uma importante forma de combate-lo, qual seja com um falar, e até agir, com calma, palavras dóceis para se resolver a situação que  surge tal sentimento, pois palavras e agir rígidos virá somente  aumentar tal sentimento, óbvio é que no momento, na situação em que ocorre nos é difícil agir desta firma, mas temos que buscar o controle sobre tal sentimento, e terminar com ele logo que passe a fase critica da situação em que nasceu , temos que procurar viver com sabedoria divina, lembrando-nos que Deus está a observar ‘todas as coisas’ , desta forma em tudo temos que nos lembrar dos principais mandamentos que Jesus nos confirmou como já vinha desde o inicio dos tempos _ “ Respondeu Jesus: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.Este é o primeiro e maior mandamento.E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”.Mateus 22:37-40” atentemos que Jesus disse que o segundo é ‘semelhante ao primeiro’, ou seja como podemos dizer que amamos à Deus se não nos amamos e não amamos ao próximo, e se amamos o próximo é obrigatório, que venhamos a estar  observando constantemente o que nos traz versículo em referência bem como a todo o este capítulo da carta aos Efésios, pois já que não conseguimos controlar a ira que nasce de repente, não podemos deixar se tornar em pecado, motivo de termos que quanto antes resolver a situação, ali esta ‘antes que o sol se ponha’, sim no mesmo dia, de imediato, antes que nasça outros sentimentos pecaminosos.

Infelizmente a falta de observância das instruções, exortações, disciplina de Deus neste sentido de se controlar a ira, tem sido uma insensatez  no meio cristão a muito tempo, fica ‘despercebido’ nisto um outro mandamento de sum importância que nos deu Jesus ‘perdoar’, tanto ao pedir perdão, quanto ao liberar o perdão; ficando ainda ‘despercebido’ nesta não observância a  questão de sermos humildes, sem ser lembrado de que a humildade antecede a qualquer honra. E esta não aceitação de disciplina vem a ser  principal causa de pessoas que saem das igrejas, aos que temos o costume de chamar  ‘desviados’, outra forma de sermos insensatos, pois em vez de tacha-los deveríamos tratar a ‘raiz’  da causa;  e, a principal causa também de já ter havido e continua a acontecer tantas divisões de ‘igrejas’ que passam a se intitular outras denominações, desconheço o números de denominações de igrejas ‘cristãs’ mas são muitas; vindo ainda causar o maior problema atual entre as ‘igrejas’ que são as ‘contendas’ , ‘rixas’ até, dentre membros  de uma só igreja ou de uma para com outra, lembremos o olhar de Deus está sobre todas as coisas, a Escritura Sagrada, a Bíblia, a Palavra de Deus é uma só, Deus é único, foi um único Jesus que veio por Salvador de toda a humanidade. É a triste realidade ‘a igreja’, quer seja nós individualmente como templos do Espirito Santo, quanto a congregação, está em ‘pecado’, o Corpo de Cristo está ‘desequilibrado’, está dividido, lembremos a Cabeça do corpo da família de Deus é uma só Jesus Cristo, como pode haver divisão do corpo??? Como anda esta ‘família de Deus’ ! Muito longe de chegarmos à maturidade para atingirmos a medida da plenitude de Cristo! Não está tendo diferenças com os das famílias do mundo, é triste, duras palavras, mas é uma realidade, temos que  voltarmos logo, ‘antes que o sol se ponha’, antes que Jesus volte, devemos voltar ao Evangelho genuíno que Jesus pregou, ensinou,  nele viveu, morreu, foi ressuscitado, voltou ao Pai, ainda tantas foram as ‘admoestações’ pelo Espirito Santo que veio ser escritos os livros posteriores antes do Apocalipse a revelação final de Jesus para sua igreja, lembremos Jesus voltará para buscar quem estiver firmados nesta Nova e Eterna Aliança, voltemos-nos como família de Deus, como Corpo de Cristo  à ‘raiz’ de onde começou estas ‘contendas’, oremos mais uns pelos outros, voltemos-nos a nos revestir verdadeiramente como ‘um novo homem’ à semelhança de Deus com o sentimento a que fomos criados, o Amor!   

 

E para que nos voltemos a unidade de Espirito não há outra forma a não ser que com a ajuda do Próprio Espirito estejamos refletindo mais, meditando mais nas Escrituras Sagradas, na Bíblia, e aceitarmos as ‘disciplinas’ que nela contem, para nosso viver.

Fica a íntegra dos capítulos sugeridos com os versículos de hoje, para reflitamos no assunto ao qual veio sendo feitas as anotações até aqui, que meditemos cuidadosamente:

A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.
A língua dos sábios torna atraente o conhecimento, mas a boca dos tolos derrama insensatez.
Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando atentamente os maus e os bons.
O falar amável é árvore de vida, mas o falar enganoso esmaga o espírito.
O insensato faz pouco caso da disciplina de seu pai, mas quem acolhe a repreensão revela prudência.
A casa do justo contém grande tesouro, mas os rendimentos dos ímpios lhes trazem inquietação.
As palavras dos sábios espalham conhecimento; mas o coração dos tolos não é assim.
O Senhor detesta o sacrifício dos ímpios, mas a oração do justo o agrada.
O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça.
Há uma severa lição para quem abandona o seu caminho; quem despreza a repreensão morrerá.
A Sepultura e a Destruição estão abertas diante do Senhor; quanto mais os corações dos homens!
O zombador não gosta de quem o corrige, nem procura a ajuda do sábio.
A alegria do coração transparece no rosto, mas o coração angustiado oprime o espírito.
O coração que sabe discernir busca o conhecimento, mas a boca dos tolos alimenta-se de insensatez.
Todos os dias do oprimido são infelizes, mas o coração bem disposto está sempre em festa.
É melhor ter pouco com o temor do Senhor do que grande riqueza com inquietação.
É melhor ter verduras na refeição onde há amor do que um boi gordo acompanhado de ódio.
O homem irritável provoca dissensão
, mas quem é paciente acalma a discussão.
O caminho do preguiçoso é cheio de espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada plana.
O filho sábio dá alegria a seu pai,
mas o tolo despreza a sua mãe.
A insensatez alegra quem não tem bom senso, mas o homem de entendimento procede com retidão.
Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem sucedidos quando há muitos conselheiros.
Dar resposta apropriada é motivo de alegria; e como é bom um conselho na hora certa!
O caminho da vida conduz para cima quem é sensato, para que ele não desça à sepultura.
O Senhor derruba a casa do orgulhoso, mas mantém intactos os limites da propriedade da viúva.
O Senhor detesta os pensamentos dos maus, mas se agrada de palavras sem maldade.
O avarento põe sua família em apuros, mas quem repudia o suborno viverá.
O justo pensa bem antes de responder
, mas a boca dos ímpios jorra o mal.
O Senhor está longe dos ímpios, mas ouve a oração dos justos.
Um olhar animador dá alegria ao coração, e as boas notícias revigoram os ossos.
Quem ouve a repreensão construtiva terá lugar permanente entre os sábios.
Quem recusa a disciplina faz pouco caso de si mesmo, mas quem ouve a repreensão obtém entendimento.
O temor do Senhor ensina a sabedoria, e a humildade antecede a honra.
Provérbios 15:1-33

Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam.
Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.
Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.
Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só;
há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,
um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.
E a cada um de nós foi concedida a graça, conforme a medida repartida por Cristo.
Por isso é que foi dito: “Quando ele subiu em triunfo às alturas, levou cativo muitos prisioneiros, e deu dons aos homens”.
( Que significa “ele subiu”, senão que também descera às profundezas da terra?
Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher todas as coisas. )
E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,
até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.
O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.
Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.
Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.
Assim, eu lhes digo, e no Senhor insisto, que não vivam mais como os gentios, que vivem na futilidade dos seus pensamentos.
Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância em que estão, devido ao endurecimento dos seus corações.
Tendo perdido toda a sensibilidade, ele se entregaram à depravação, cometendo com avidez toda espécie de impureza.
Todavia, não foi assim que vocês aprenderam de Cristo.
De fato, vocês ouviram falar dele, e nele foram ensinados de acordo com a verdade que está em Jesus.
Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos,
a serem renovados no modo de pensar e
a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade.
Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo.
“Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha,
e não dêem lugar ao diabo.
O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.
Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem.
Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.
Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.
Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo.
Efésios 4:1-32

 

nestes links temos mais anotações quanto a reflexão neste capítulo da carta aos Efésios

http://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2012/03/versiculos-do-dia-novo-homem-com-viver.html

http://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2012/02/versiculos-do-dia-novo-homemem-justica.html

Sobre aisabelb

simplesmente a Isabel, nada mais, nada menos....
Esse post foi publicado em AMOR, antes que o sol se ponha, contendas, furia, VERSÍCULOS DIÁRIOS. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s